Desmascarando as farsas do cristianismo de católicos e protestantes - Parte IX

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15

Analisando Mateus 28: 19

 (Mateus 28:19)-    Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Primeira falha: Os apóstolos não seguiram a ordem de JESUS, pois batizavam somente em nome de JESUS, confira os versículos no estudo sobre o Batismo.

Será realmente que os discípulos desobedeceram a Jesus batizando cerca de 3.000 pessoas (apenas dez dias depois desta ORDEM) somente em nome de JESUS como relata o livro de Atos?

Veja o que diz o catecismo católico abaixo:

clique aqui e veja ampliada a imagemClique aqui para ampliar a imagem


clique aqui e veja ampliada a imagem

Veja a Tradução da página 164 abaixo:

Em Cristo - A Bíblia nos diz que os Cristãos eram batizados em Cristo. (n°6) Eles pertencem a Cristo. Em Atos dos Apóstolos (2:36; 8:16; 10:48; 19:5) nos diz: "batizando em nome de Jesus". [pessoa] - uma melhor tradução seria: para o nome de Jesus.”[pessoa]  Somente no 4° Século a fórmula "Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo" tornou-se uma prática.

Veja a Tradução do 1º texto da página 166:

Em adição, nós vimos como a igreja primitiva batizava: Primeiro o anúncio do Evangelho conseqüentemente Fé e o ato com o qual era selado em forma perfeita com o batismo “em nome [pessoa] de Jesus Cristo”.  Surge o que nós chamamos de Cristãos, que significa gente relacionada de especial forma com Cristo. Mais tarde, "no nome de Jesus" foi elaborado e tornou-se "no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

O que diz a Bíblia de Jerusalém  

A Bíblia de Jerusalém, uma das principais Bíblias impressa pela igreja Católica, no seu comentário de rodapé, sobre Mateus 28:19 diz o seguinte: “É possível que, em sua forma precisa, essa fórmula reflita a influência do uso litúrgico posteriormente fixado na comunidade primitiva. Sabe-se que o livro dos Atos fala em batizar “no nome de Jesus” (Conforme Atos 1:5; 2:38). Mais tarde deve ter-se estabelecido a associação do batizado às três pessoas da Trindade”.

clique e veja ampliada a imagem

E as enciclopédias o que dizem, veja abaixo:

ENCICLOPEDIA BRITÂNICA, 11a Edição, Vol. 3  Pg 365-366, "A fórmula batismal foi mudada do nome de Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º Século. "  Volume 3 pág. 82  "Sempre nas fontes antigas menciona que o batismo era em Nome de Jesus Cristo."

ENCICLOPEDIA DA RELIGIÃO - CANNEY, pg 53 -- "A religião primitiva sempre batizava em Nome do Senhor Jesus até o desenvolvimento de doutrina da trindade no 2° Século."

ENCICLOPÉDIA CATÓLICA DE 1913, Vol. 2, pg 365, “Aqui o Católico reconhece que o batismo foi mudado pela Igreja Católica”.

ENCICLOPÉDIA DA RELIGIÃO - HASTINGS, Vol. 2 pg 377-378-389. "O batismo cristão era administrado usando o nome de Jesus. O uso da fórmula trinitariana de nenhuma forma foi sugerida pela história da igreja primitiva; o batismo foi sempre em NOME do Senhor Jesus até o tempo do mártir Justino quando a fórmula da trindade foi usada”. Na página Hastings comentando Atos 3:28, diz: "NOME é o antigo sinónimo de pessoa. Pagamento foi sempre feito em nome de alguma pessoa, referindo-se a propriedade. Portanto alguém batizado em nome de Jesus torna-se sua propriedade pessoal”. 

Nova Enciclopédia Internacional, Vol. 22 pg 477,    "O termo ‘trindade’ se originou com Tertuliano, padre da Igreja Católica Romana”.

ENCICLOPÉDIA DE RELIGIÃO E ÉTICA, James Hastings, pg.384. "Não existe evidência [na história da igreja primitiva] do uso dos três nomes."Rev. Steve Winter ATOS 4:12 "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos."

Enciclopédia Barsa, 1998, vol. 15, pág. 214. – A palavra trindade não aparece no novo testamento, nem Jesus e seus seguidores pensaram em contradizer o velho testamento que diz: Ouve, Israel, o senhor nosso Deus é o único Senhor (Dt 6: 4).

 *********************************&&&************************************

Analisando 1º João 5: 7

1º João 5: 7 Na Bíblia Almeida Revista e Atualizada:

(1º João 5:7 e 8) Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.   E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito”. 

Note que o texto: [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.  E três são os que testificam na terra], está entre colchetes porque será?

Na nota de rodapé desta Bíblia está a resposta, lemos o seguinte:

f: 5:7-8: O texto entre colchetes não aparece em diversos manuscritos.  

1º João 5: 7 Na Bíblia Evangélica, da Sociedade Bíblica Internacional Lemos o Seguinte:  

(1 João 5: 7 ) "Há três que dão testemunho: o espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes”.

clique aqui e veja a imagem ampliada

Note que nesta Bíblia evangélica, apesar de seus autores acreditarem na doutrina Católica da Trindade, não houve o acréscimo do texto: [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.   E três são os que testificam na terra] e sim o texto original.  

A Nota de rodapé a partir do “S” diz o seguinte:

Clique aqui e veja a imagem ampliada

Veja o acréscimo não é encontrado em nenhum manuscrito grego anterior ao século doze.

1º João 5: 7 Na Bíblia de Jerusalém, QUE É CATÓLICA.

(I João 5: 7) Porque três são os que testemunham: o Espírito, a água e o sangue, e os três tendem ao mesmo fim.

 

Clique aqui para ampliar a imagem

 A nota de roda pé diz o seguinte:

Clique na figura e veja a imagem ampliada

É só clicar na figura para ver ampliada a imagem

 I João 5: 7 quer dizer o seguinte:

(I João 5: 7) Porque três são os que testemunham: o Espírito, a água e o sangue, e os três tendem ao mesmo fim.

- O sangue reporta ao sistema sacrifical, e representa o sangue de Cristo;
- A água representa o batismo;

- O Espírito é o próprio Espírito de Deus concedido aos homens para que façam Sua obra.

Ademais, o próprio contexto de I João 5:7, 8 é o "tríplice testemunho de Cristo".

CONCLUSÃO

Mateus 28:19 e 1ºJoão 5: 7, os dois principais versículos usados para defender a doutrina da Trindade são adulterados. 

Clique para retornar ao artigo anterior         Clique para saber mais...

Retornar a principal

Clique para retornar a capa de abertura do site

 


Internet Bereanos