O perigoso vício da masturbação

Embora muitos profissionais de saúde se coloquem favoráveis à tal prática, seria interessante que você soubesse o que Deus pensa a esse respeito. Partindo da verdade de que somos seres criados por Deus, acreditamos que Ele sabe perfeitamente os pontos vitais e estilos de vida que trazem vigor ou enfraquecem nossa mente e personalidade.  

A masturbação é considerada como uma fragilização dos princípios morais que em conflito com a transigência espontânea (condescendência) arraigada na pessoa, torna a natureza inferior como predominante sobre a natureza superior.  

Uma escritora sobre o assunto, E. White, diz, "Quando os jovens adotam práticas de masturbação, ou outras, enquanto o espírito é ainda novo e jovem, poderão ter sérios problemas em desenvolver plena e corretamente a personalidade física, intelectual e moral.”  

O problema se instala porque a prática da masturbação afeta os sensitivos nervos do cérebro, os quais perdem seu saudável tono devido à excitação mórbida para satisfazer um desejo não natural de satisfação sensual.  

"Seja o que for que perturbe a circulação das correntes elétricas no sistema nervoso diminui a resistência das forças vitais, resultando no amortecimento da sensibilidades da mente. (E. White, Conselhos sobre Saúde, pág. 616).  

Nosso corpo na verdade não nos pertence.  

 "Vocês não sabem que o corpo é o templo do Espírito Santo, que vive em vocês e foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, pois Deus os comprou e pagou o preço. Portanto usem os seus corpos para a glória dele”.
I Coríntios 6: 19 e 20. A Bíblia na Linguagem de Hoje
 

"Alguns reconhecerão o mal das condescendências pecaminosas, todavia se desculparão dizendo que lhes é impossível vencer as paixões.”  (E. White, Conselhos sobre Saúde, pág. 617).  

Isto não precisa ser assim. Deus em sua palavra nos dá muitas promessas que nos asseguram de seu poder em nos tornar vitoriosos no presente, além de sua boa vontade em perdoar nosso passado.  

(Isaías 27:5) - Que os homens se apoderem da minha força e façam paz comigo; sim, que façam paz comigo.  

(1João 1:9) -  Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.  

(João 1:12) -  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;  

Lembre-se: Deus é  quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. (FP 2:13) Mas Deus não força a ninguém. A decisão pessoal de agradar a Deus é o ponto de partida para que ele dar a vitória tão almejada.  

Entregue cada aspecto de sua vida à Deus. Diga: “Senhor quero fazer somente a Tua vontade pois sei que é o melhor para mim”.  

Abaixo, algumas providências que podem ser tomadas pela pessoa que deseja superar o hábito da masturbação.  

1. Use o recurso da oração.
Peça a Deus para dar- lhe a vitória. Demore-se não em sua falhas pessoais mas no poder de Deus. Demore-se em meditar sobre a bondade de Deus e louvá-lo pelas bênçãos que ele tem derramado em sua vida.
 

2. Demore-se apenas em pensamentos e informações puras.
As literaturas bem como os programas que você assiste devem ser os  mais culturais e sadios. Isto para que não venham a minar sua resistência física, intelectual e moral.
 

3. Utilize alimentos no estado mais natural possível, evitando os derivados animais. O regime alimentar deve ser o mais simples, livre de excesso de condimentos. Abundante uso de cereais e frutas, preparados sem gorduras e ingeridos no estado mais natural possível, serão importantes para uma mudança em termos de qualidade de vida.  

É importante diminuir o uso de alimentos de origem animal tais como ovos e  principalmente a carne. Estes alimentos contém estimulantes que aumentam o desejo por práticas sexuais. A satisfação do paladar deve levar em conta a saúde física, intelectual ou moral. Alimentos de origem animal, com alto teor de proteínas, podem ser substituídos com vantagens por outros de origem vegetal (nozes, castanhas, feijões, etc.).  

4. Procure praticar algum esporte, para obter melhor condicionamento físico.
A prática habitual de exercícios físicos não somente fortalece o corpo mas também fortalece a mente para escolher propósitos mais nobres. Alguns esportes como a natação ou até mesmo longas caminhadas, são excelentes.
 

5. Dedique tempo em servir aos semelhantes.
Quando esquecemos um pouco nossos projetos e nos dedicamos a satisfazer as necessidades daqueles que estão ao nosso redor fazemos grande bem a nós mesmos pois substituímos os hábitos egoístas e sensuais por hábitos de bondade e benevolência.

A vitória sobre a masturbação não é fácil mas pode ser conseguida. Partilhe sua luta com Jesus. Você perceberá que com ele você pode libertar-se de qualquer hábito escravizador e ser plenamente feliz!

Retornar a principal

Clique para retornar a capa de abertura do site
 


Internet Bereanos